Cuidados simples podem evitar fraudes em cheques

O brasileiro está acostumado a usar o cartão de crédito para pagar as contas e faz mais transações com o “dinheiro de plástico” que com o tradicional cheque. No entanto, quando se considera o volume dos recursos usados para acertar os débitos, o gasto com cheque ainda é 70% maior que o do cartão, de acordo com pesquisa da Fecomércio-SP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) divulgada em 2011.

O cheque é preferência nacional na hora de pagar valores mais elevados, como entradas ou parcelamentos de automóveis, por exemplo, pois a taxa de administração cobrada pelas operadoras de cartões é muito alta, o que estimula o uso do cheque. Além disso, poucas pessoas possuem limite alto no cartão de crédito para arcar com despesas elevadas.

Por esse motivo, pesquisamos com a FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) informações valiosas para tornar o uso de cheque mais seguro. São medidas simples que ajudam a evitar fraudes e débitos indevidos na sua conta-corrente.

PARA QUEM EMITE CHEQUE

- Procure emitir o cheque para pessoas e estabelecimentos conhecidos e confiáveis;

- Boa parte das fraudes acontece com cheques emitidos para um estabelecimento ou uma pessoa, que o repassa para outra pessoa ou estabelecimento. Esse repasse pode acontecer muitas vezes e, no meio do caminho, pode haver alteração de dados, como o valor do cheque, ou até clonagem;

- Sempre cruze o cheque e preencha o nome do favorecido. Isso evita que o cheque passe de mãos em mãos e seja desviado, levando à fraude e ao desconto do cheque alterado no caixa do banco;

- O Banco Central determina que nos cheques a partir de R$ 100 deve constar o nome do favorecido. Essa norma foi implantada para combater práticas ilícitas, como a de caixa dois, e serve também para evitar fraudes nos documentos, como as citadas anteriormente;

- Se o emissor não informar no cheque o nome do favorecido, alguém terá de fazê-lo, pois os bancos não processam esses documentos sem tal informação. Em geral, quem preencherá esse dado é a pessoa que o depositará ou descontará no caixa do banco. Por isso, é melhor que seja você a preencher esse dado;

- Use sua própria caneta para preencher o cheque. Uma das táticas de fraudadores é oferecer ao emissor do cheque uma caneta cuja tinta pode ser facilmente apagada, para poder adulterar o documento mais tarde. Por isso, sua caneta é sempre a mais segura para preencher o cheque;

- Hum mil é sempre melhor do que Mil. Se o valor do cheque for de R$ 1.000 a R$ 1.999, comece o valor por extenso com Hum mil. Isso dificulta a adulteração do documento;

- Preencha e guarde os controles de cheques. Eles são a maneira mais fácil para o consumidor verificar se os cheques descontados de sua conta corrente foram mesmo emitidos e se os valores debitados estão corretos; e

- Caso você desconfie que um cheque fraudado tenha sido debitado de sua conta corrente, procure imediatamente o seu banco - por meio do gerente na agência ou de outros canais que o banco coloca à disposição, como telefone e internet. A instituição financeira investigará a fraude e, caso seja comprovada, o valor poderá ser ressarcido ao cliente que sofreu as perdas.

PARA QUEM RECEBE UM CHEQUE

- Peça sempre um documento de identificação. A apresentação do documento de identificação contribui para a garantia de que é mesmo o titular da conta corrente quem está emitindo o cheque e que o valor emitido não será questionado ao ser debitado. Lembre-se de que o cheque pode ter sido roubado ou adulterado, ao ser repassado várias vezes entre estabelecimentos e pessoas, até chegar às suas mãos;

- Evite aceitar e repassar cheques de pessoas ou estabelecimentos sem o nome do favorecido;

- Como os cheques sem o nome do favorecido podem passar de mãos em mãos e, nesse caminho, caírem nas mãos de fraudadores, ao aceitar um cheque sem o nome do favorecido e repassá-lo dessa mesma forma, a pessoa ou estabelecimento pode estar contribuindo para que ocorra uma fraude;

- Caso uma pessoa ou estabelecimento deposite um cheque e esse tenha sido fraudado ou roubado, o cliente de quem o dinheiro for debitado poderá ser ressarcido. Esse ressarcimento caberá ao depositante, uma vez que seja identificado; e

- Peça sempre cheques cruzados e com o nome do favorecido. Com esses cuidados, cheques emitidos em seu favor não poderão ser descontados por outras pessoas em caso de perda ou roubo.

As aparências enganam

No Brasil, o uso da internet banking ultrapassou as transações bancárias em caixas eletrônicos, de acordo com informação divulgada pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos). Apesar dos investimentos constantes das instituições financeiras brasileiras em segurança, é fundamental que os próprios usuários se preocupem também em adotar medidas de segurança.

São procedimentos simples, mas que garantem sua tranquilidade, seja na hora de acessar a internet banking, de realizar uma operação pelo telefone fixo ou celular ou, ainda, realizar uma transação no guichê de uma agência ou caixa eletrônico.

As aparências enganam. Esteja prevenido e saiba como realizar transações financeiras e navegar na internet de forma segura. Fique por dentro das dicas e medidas preventivas de segurança no uso da internet que preparamos para você:

- Instale um bom programa de antivírus e, pelo menos uma vez por semana, faça uma verificação completa do computador;

- Nunca acredite em pedidos de pagamento, correção de senha ou solicitação de qualquer dado pessoal por e-mail. Bancos não enviam e-mails não solicitados a seus clientes;

- Sempre digite o endereço completo da sua internet banking diretamente no seu navegador;

- Não acesse sua conta em computadores públicos ou desconhecidos. Eles podem estar com antivírus desatualizados e até mesmo preparados para capturar os seus dados; 

- Sempre que finalizar o acesso a sua conta pela internet, clique no botão "Sair";

- Nunca abra e-mails ou execute arquivos enviados por desconhecidos;

- Suas senhas são secretas, pessoais, intransferíveis e de sua responsabilidade. Não as revele a ninguém;

- Nenhum funcionário de um banco está autorizado a solicitar sua senha;

- Caso você desconfie de alguma tentativa de fraude bancária ou de cartão de crédito, entre imediatamente em contato com seu banco ou administradora do cartão e siga as orientações.

Fim do horário de verão exige cuidados

Devido ao Carnaval, o horário de verão deste ano teve uma semana a mais, e terminou somente no domingo, 26 de fevereiro, quando os relógios foram atrasados em uma hora, nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste, além da Bahia e do Distrito Federal, em vigor desde o dia 16 de outubro de 2011, com objetivo de reduzir o consumo de energia no horário de pico nesses estados.

A verdade é que o fim do horário de verão é menos traumático que o início, mas também exige certa adaptação do corpo a nova rotina que vem acompanhada também do fim do verão.

Os especialistas recomendam uma boa qualidade do sono para não prejudicar o rendimento durante as atividades diurnas e que se evite consumir café, chá preto, pó de guaraná e bebidas estimulantes, em geral, no final da tarde. Com os devidos cuidados, o organismo se reorganizará tranquilamente. O tempo médio de adaptação do corpo ao acabar o horário de verão é de uma semana, mas como seu organismo vai “ganhar” uma hora, certamente a adaptação será bem mais fácil!

Se recupere dos excessos do Carnaval

Plumas e paetês espalhados, serpentinas e confetes pelas ruas e com o fim da folia, chega a Quarta-Feira de Cinzas que pode trazer as conseqüências dos excessos cometidos durante o feriadão prolongado de Carnaval.

Por isso hoje vamos ajudar nossos leitores a recuperar as forças para voltar à rotina. Então vamos lá! Se você faz parte do grupo de foliões que caiu na gandaia e se jogou na avenida, provavelmente extrapolou no álcool, dormiu pouco, mal se alimentou e gastou muita energia. Portanto, agora a hora é de cuidar da saúde. 

Beba bastante água, água de coco, sucos de fruta e repouse, pois o corpo precisa dessa trégua para se recuperar. Na hora de se alimentar, opte por alimentos leves e de fácil digestão como os carboidratos (pães, massas, arroz), carnes brancas como peixes e frango, frutas, verduras e legumes. Neste momento não é indicado à ingestão de alimentos fritos, pois eles pesam no estômago que já está sensível pelos excessos.

Com esses cuidados com certeza os danos causados ao seu corpo depois de quatro dias de folia serão minimizados. É isso aí! Vamos em frente porque agora começou o ano de 2012 de verdade.

Vai começar a maior festa popular do Brasil

A maior festa popular do país está prestes a começar e milhões de brasileiros saem de casa para cair na folia. Cidades de todo o Brasil recebem blocos carnavalescos, escolas de samba, marchinhas e trios elétricos que durante quatro dias embalam os foliões que comemoram o carnaval brasileiro. 

Com ritmos e estilos para todos os gostos, quatro Estados costumam receber o maior número de foliões nessa época do ano: Rio de Janeiro e São Paulo, com os desfiles das exuberantes escolas de samba; Pernambuco (Recife e Olinda) com o frevo e o carnaval de rua com os bonecos gigantes; e a Bahia, onde o carnaval é embalado pela axé music dos trios elétricos. 

Independente de qual seja seu destino, o importante é ficar atento às orientações da Polícia Militar para curtir o carnaval com responsabilidade e segurança e voltar para casa feliz e tranquilo. 

Confira algumas dicas que separamos para você: 

 

PARA VOCÊ: 

Prudência: Mantenha a calma em qualquer situação, sua vida e a vida de quem você ama são bens insubstituíveis;

Moderação: no consumo de bebida alcoólica, no uso e ostentação de objetos pessoais como celulares e jóias, além de dinheiro e cartões de crédito; obedecendo aos limites de seus recursos, de seu corpo e usando bom senso no exercício de seus direitos individuais;

Proteção Pessoal: cuide de seus objetos e traga consigo seu documento de identidade, evitando também: locais, hábitos, horários, atitudes e pessoas que possam trazer problemas para você;

Projeta sua família e amigos: lembre, cuide e oriente quem você ama, ande sempre que possível acompanhado e saiba sempre onde e com quem estão seus filhos;

Atenção! Alegria não combina com: armas e drogas, arrogância, brigas, confusões, ostentação e porte de materiais e objetos que oferecem riscos a você e aos outros como: vidros, metais, ferro, objetos com pontas ou cortantes e inflamáveis;

 

PARA SEU VEÍCULO:

Prudência: Mantenha em local seguro (e não no veículo): chaves-reserva e o documento de transferência, estando atento para a manutenção geral, o bom estado dos equipamentos de segurança e obrigatórios e a condução dos documentos como a CNH e o DUT e; ao estacionar, mesmo que por curtos períodos, leve consigo as chaves do carro, checando se trancou e acionou alarme e travas

Moderação: no uso da velocidade, sinais sonoros, som automotivo. Seja educado e dê exemplo de civilidade, inclusive de educação ambiental;

Proteção: estacione em locais iluminados e com movimento, evitando deixar objetos em cima de bancos ou expostos no interior do veículo;

Atenção: desatenção, pressa e bebida alcoólica em excesso são péssimas companheiras de viagem; esteja sempre atento e sóbrio ao dirigir;

  

PARA SUA CASA: 

Prudência: ao sair, leve consigo: chaves e documentos necessários; deixe pessoas de confiança com cópia das chaves e instruídas para ligar e desligar luzes em horários adequados, disponibilizando seus contatos e do local onde ficará durante o período;

Moderação: Guarde objetos de valor em locais seguros e comunique sua saída apenas a pessoas de sua confiança, optando por colocar malas e sacolas nos veículos em horários seguros e evitando fazer este procedimento à vista de curiosos;

Proteção: Atente para os registros de gás e de energia, bem como, cheque o trancamento de janelas e portas;

Atenção: Tenha sempre à mão os telefones úteis de segurança e de monitoramento de sua casa e de sua rua, além dos contatos da Zona de Policiamento onde mora, telefones de vizinhos e pessoas de confiança que você pode contar para qualquer eventualidade.

Para terminar lembre-se de não reagir a assaltos, evitar brigas e confusões, e caso presencie algo de errado ligue 190. 

JoomShaper