• 0_0_0_Blog_TopoBannerWeb_Efinance2017_1170x300px.jpg
  • 0_0_pmkt_janeiro_1300x495px.jpg
  • 0_1_banner_revisa.jpg
  • 0_2_blog_facaparte.jpg

TED deixa de ter valor mínimo a partir de hoje

Não será mais exigido um limite mínimo de valor para transferência por TED (Transferência Eletrônica Disponível) a partir desta sexta-feira (15). Nos últimos anos o limite para TED sofreu diversas alterações. Até ontem (16), o valor mínimo para a realização da transação era de R$ 250.

Diferente do DOC (Documento de Crédito), quando é necessário aguardar pelo menos 24 horas para que seja concluída a transferência solicitada, a TED entra na conta do destinatário no mesmo dia em que a transação é solicitada.

As tarifas cobradas para a realização da TED variam de cooperativa para cooperativa. Para saber os preços praticados, o cooperado deve consultar sua cooperativa de relacionamento.

Clique aqui e entenda qual é a diferença entre DOC e TED.

Qual é a diferença entre DOC e TED?

Todo mundo que já realizou transferência bancária ficou na dúvida na hora de escolher a modalidade. Além das tradicionais formas, como depósito em caixas eletrônicos, há duas opções para fazer uma transação: DOC e TED. A questão é: você sabe o que cada uma significa e quais são suas características?

Essas duas transações estão disponíveis nas instituições financeiras brasileiras e podem ser feitas por meio do internet banking, em caixas eletrônicos e nos caixas presenciais. Elas servem para enviar dinheiro para contas de seu banco ou de outra instituição, para terceiros (pessoa física ou jurídica) ou para você mesmo. As regras valem para todos esses casos e não mudam.

Entenda o DOC

O Banco Central (BC) define DOC como Documento de Crédito, transferência bancária limitada a R$ 4.999,99. Só pode ser feita por instituições autorizadas pelo BC.

O valor é creditado na conta do beneficiado no dia útil seguinte, para transações feitas até as 21h59. Após esse horário, o dinheiro será transferido no segundo dia útil. Por exemplo, se você programar um DOC às 23h de uma segunda-feira, ele só será creditado na conta na quarta-feira. Mas se você agendar às 21h, o valor estará na conta na terça-feira.

Agora, se você quiser agendar um DOC em feriados ou fins de semana, só conseguirá programar a transação para o primeiro útil seguinte. E só depois de confirmada é que o prazo de crédito começará a valer.

Entenda a TED

A Transferência Eletrônica Disponível foi criada pelo Banco Central em 2002. Funciona como um DOC, entre instituições autorizadas pelo BC. Algumas instituições financeiras estabelecem limites máximos para a TED, valores que são negociados com os clientes. A partir de 15 de janeiro não haverá mais limite mínimo de valor para fazer transferência via TED. Atualmente a quantia mínima para transferência é de R$ 250.

O valor é creditado na conta do beneficiário poucos minutos após a sua autorização, desde que feita até as 17h. Se você agendar um TED depois desse horário, o valor só aparecerá na conta do beneficiado no dia seguinte

Taxas para DOC e TED

O Banco Central não determina os valores das transações. Então, cada instituição cobra um valor. Além disso, as taxas podem ser abatidas, dependendo do pacote que você mantém com a instituição financeira.

 A taxa é cobrada por transação, independentemente do valor transferido. E atenção: prefira fazer DOC ou TED em caixas eletrônicos ou internet. As taxas são mais baratas do que as realizadas em um caixa presencial.

Dados necessários para as transações

Para fazer DOC ou TED, o emitente vai precisar do nome completo do beneficiário, CPF ou CNPJ, os dados bancários (banco, agência e conta) e o tipo de conta (corrente ou poupança). Em relação ao número banco, ele é identificado por uma sequência de três números e chamado de Compe. O do Sicoob, por exemplo, é o 756.

Se por acaso você errar algum dado, o dinheiro volta para sua conta no dia seguinte. Caso não entre na sua conta nem na do beneficiário, contate seu banco para ver o que aconteceu. Esse tipo de problema é facilmente resolvido. Um dado importante: o dinheiro envolvido em DOC ou TED nunca se perde.

Antes de realizar uma transação, confira as regras da sua cooperativa. Horários e limites podem mudar de uma instituição para outra.

Tirou suas dúvidas sobre a diferença de DOC e TED? Se restou alguma pergunta, mande para a gente: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Fonte: Com informações do site Guia de Bolso.

Cooperado deve ficar atento ao preencher cheque neste começo de ano

Um dos erros mais comuns no preenchimento de cheques ocorre no início de cada ano, quando alguns cooperados acabam se equivocando, pela força do hábito, na hora de datar o documento e colocam o ano anterior. Para evitar transtornos, a partir de 1º de janeiro os cheques deverão ser preenchidos com o ano de 2016.

A confusão é comum na virada do ano. Por isso, durante o mês de janeiro, para os cheques datados com o ano de 2015, as instituições financeiras irão adotar procedimentos de verificação para checar se o documento não foi emitido além do prazo permitido em norma para sua compensação – o prazo é de seis meses. Se for comprovado que, de fato, houve um equívoco no preenchimento do cheque, o mesmo será compensado normalmente.

Confira as dicas da Febraban para evitar problemas com cheques:

  • Emita sempre cheques nominais e cruzados;
  • Ao preencher cheques, elimine os espaços vazios, evite rasuras;
  • Controle  seus depósitos e retiradas no canhoto, inclusive as realizados com cartão;
  • Evite circular com talões de cheques. Leve apenas a quantidade de folhas que pretende utilizar no dia;
  • Quando receber um novo talão, confira os dados referentes ao nome, número da conta corrente e CPF e a quantidade de cheques do talonário;
  • Tome o máximo de cautela na guarda dos talões. Destaque a folha de requisição e guarde em separado;
  • Nunca deixe requisições ou cheques assinados no talão;
  • Destrua os talões de contas inativas;
  • Separe os cheques de qualquer documento pessoal;
  • Não utilize caneta hidrográfica ou com tinta que possa ser facilmente apagada. Evite canetas oferecidas por estranhos;

Confira como será o funcionamento do Sicoob no Natal e Ano Novo


Fique de olho no horário de funcionamento do Sicoob no fim de ano. Confira abaixo como será o expediente nos pontos de atendimento em todo país.

Véspera de Natal (24)

Atendendo à resolução nº 2.932, que garante ao público um atendimento mínimo de duas horas, no dia 24 de dezembro, véspera de Natal, o Sicoob funcionará da seguinte maneira:

HORÁRIO DE EXPEDIENTE AO PÚBLICO
REGIÕES HORA LOCAL HORA DE BRASÍLIA
Estados com horário igual ao de Brasília – DF 9h às 11h 9h às 11h
Estados com diferença de 1 hora em relação à Brasília - DF 8h às 10h 9h às 11h
Estados com diferença de 2 horas em relação à Brasília - DF; 8h às 10h 10h às 12h
Estados com diferença de 3 horas em relação à Brasília – DF 7h às 9h 10h às 12h


Natal (25)

Feriado

Último dia útil (30)
Dia 30 de dezembro será o último dia útil do ano. O Sicoob prestará serviço ao público normalmente, realizando todas as operações bancárias solicitadas pelos cooperados e clientes.

Véspera de ano-novo (31)
Já no dia 31 de dezembro, as cooperativas ficarão fechadas para atendimento ao público.

Pagamento de contas de consumo
As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo), bem como os carnês que estiverem com vencimento nas datas em que as cooperativas estiverem fechadas, poderão ser pagos no primeiro dia útil seguinte aos feriados (28/12 e 04/01/2016), sem a incidência de multa por atraso. Vale lembrar que os tributos já estão com data ajustada em relação ao calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

É possível também agendar o pagamento das contas de consumo (as que têm código de barras) nos próprios caixas eletrônicos.

Clique aqui e veja as operações que o associado pode realizar nos canais alternativos de atendimento Sicoob.

Horário para pagamentos de convênios é ampliado

Foi ampliado para as 22 horas o horário de pagamento de convênios de água, energia elétrica, telefone e tributos federais e estaduais, nos caixas eletrônicos e no SicoobNet. A medida oferece mais comodidade aos associados e contribui para o aprimoramento e a oferta de um atendimento diferenciado pelo Sicoob.

Amigos de verdade você conta nos pontos

Convidando amigos para fazer parte da Multiplus e incentivando-os a transferir os pontos do Programa de Recompensas Sicoobcard Prêmios para a Multiplus, os portadores dos cartões Sicoobcard ganham pontos na promoção "Amigos de verdade você conta nos pontos".

A mecânica para participar é simples. O portador indica amigos e ganha 250 pontos por amigo cadastrado e se os amigos indicados transferirem, o portador ganha 1000 pontos.

O indicado ganha 15% de bônus sobre a transferência. Caso o indicador transfira pontos do Sicoobcard Prêmios para Multiplus, ele ganha 15% também!

Período da promoção: 15 a 30/10/2015

Quais os cartões participantes? Sicoobcard Gold, Platinum, Black e Empresarial, de todas as bandeiras do portfólio.

Acesse: amigosdeverdade.pontosmultiplus.com.br 
participe com seus amigos!

JoomShaper