• 0_0_pmkt_janeiro_1300x495px.jpg
  • 0_1_banner_revisa_blog.jpg
  • 0_2_blog_facaparte.jpg

Sicoob lança cartão com bandeira Visa

O Sicoob lança cartões com a bandeira Visa na versão puro crédito, são eles: Sicoobcard Visa Clássico, Sicoobcard Visa Gold e Sicoobcard Visa Platinum. Essa edição fará alusão à Copa do Mundo FIFA 2014™que acontecerá no Brasil.

Os cartões Sicoobcard Visa terão todas as vantagens já oferecidas aos portadores dos cartões Sicoobcard: dois limites de crédito (parcelado e à vista), SMS Ilimitado, chip, Programa de Recompensas Sicoobcard Prêmios e serviços online. Além dos outros benefícios oferecidos pela bandeira Visa.

Entre as novidades de lançamento, os portadores que realizarem a primeira compra com os cartões Sicoobcard Visa, independente do valor, até o dia 13 de julho de 2014 ganharão 6 mil pontos no Sicoobcard Prêmios.

Cooperativas Sicoob não abrem durante o Carnaval

Durante os dias 3 e 4/03 não haverá atendimento nas cooperativas de crédito e Postos de Atendimento (PAs) do Sicoob em função do feriado de Carnaval. Na quarta-feira de Cinzas, dia 5/3, retornarão às suas atividades ao meio dia.

As contas de água, luz, telefone e TV a cabo e os carnês que vencerem nos dias do feriado poderão ser pagos no primeiro dia útil após o feriado, quarta-feira (5/3), sem incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

O associado pode ainda utilizar os canais alternativos de atendimento, como caixas eletrônicos, celular e internet, além dos correspondentes do Sicoob (farmácias, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).

Também é possível agendar o pagamento das contas de consumo (as que têm código de barras) nos próprios caixas automáticos ou nos correspondentes. Os boletos bancários de cooperados cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do débito autorizado.

O atendimento na Central de Atendimento do Sicoob (CAS) será feito por meio do telefone 0800 642-0000.

Veja aqui as operações que o associado pode realizar nos Canais Alternativos de Atendimento Sicoob.

Sicoob evolui 32,2% em depósitos na poupança

Em 2013, o valor captado foi de R$ 460 milhões. E em fevereiro deste ano saldo acumulado já alcança R$ 2 bilhões

O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) alcançou a marca de R$ 460 milhões em captação de poupança em 2013, já acrescido da rentabilidade. O volume acumulado no final do ano passado chegou a R$ 1,93 bilhão, valor 32,2% maior do que o apresentado no ano anterior. Só em janeiro deste ano o saldo captado foi de R$ 58 milhões, maior evolução mensal da poupança Sicoob em toda a série histórica. Além disso, em fevereiro, o saldo de captações alcança a marca de R$ 2 bilhões em recursos.

De acordo com Ricardo de Amorim, gerente de captações do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob) - instituição financeira provedora da poupança para as cooperativas do Sicoob -, os resultados demonstram o trabalho feito pelas cooperativas do Sicoob no incentivo aos poupadores. “O crescimento recorde da poupança Sicoob em 2013 se deve, principalmente, ao bom trabalho de captação feito pelas cooperativas do sistema com ações pontuais e campanhas regionais de incentivo”, destaca.

Em 2014, com a previsão de uma campanha nacional de poupança que será lançada no país inteiro, a tendência é de crescimento contínuo. “A expectativa para o ano é de alcançar R$ 2,76 bilhões, mantendo o excelente nível de crescimento da carteira”, completa.

Incentivo aos bons pagadores


Sicoob trabalha para que os seus associados possam se beneficiar com o Cadastro Positivo

Há no Brasil uma legião de pessoas que honram seus compromissos financeiros, pagando suas contas nos prazos acertados, tanto com as instituições bancárias quanto com o comércio varejista e concessionários de serviços públicos. São os chamados “bons pagadores”, embora valorizados como clientes, nunca receberam no país qualquer tratamento diferenciado para, por exemplo, conseguirem crédito ou financiar uma compra de um bem qualquer. Esse é o cenário que a criação do Cadastro Positivo pretende mudar.

O Sicoob já está preparado para melhor atender à legislação do Cadastro Positivo, dentro do que foi determinado pelo Conselho Monetário Nacional e pelo Banco Central, que tornou obrigatório o fornecimento das informações pelas instituições financeiras aos Gestores de Banco de Dados (GBDs). Desde setembro, a plataforma tecnológica do Sistema (Sisbr) está apto para gerir e fornecer aos GBDs os dados dos associados e clientes, desde que isso seja previamente autorizado. 

O número de aderentes ao cadastro, iniciado em agosto último, ainda é pequeno, até porque está em fase inicial. Para o superintendente de Crédito do Bancoob e coordenador do Acreditar, Paulo Ribeiro, as vantagens virão em médio prazo, à medida que haja maior adesão dos clientes de todo o sistema financeiro. “É preciso que haja uma adesão expressiva dos interessados (clientes/associados) e que as várias entidades credoras forneçam os dados aos GBDs, não somente as instituições financeiras, mas também as fornecedoras de serviços (água, luz, telefone) e o comércio em geral, o que ainda vai levar algum tempo”, acredita.

Ribeiro argumenta, ainda, que a opção pelo Cadastro Positivo pode ser benéfica para todos, incluindo os associados do Sicoob, embora esses já  usufruam de taxas de juros bem abaixo das praticadas pelos bancos em geral. “O Sicoob já concede aos seus associados os privilégios prometidos aos bons pagadores que aderirem ao Cadastro Positivo.

Mesmo assim, as cooperativas poderão, conhecendo melhor o comportamento creditício de seus associados, por meio do Cadastro Positivo, ampliar ainda mais as suas atuações e oferecer mais vantagens aos seus associados.”

O Cadastro Positivo é um amplo banco de dados que reúne informações sobre o histórico de crédito e o comportamento de pagamento das obrigações de pessoas físicas e jurídicas. Essas informações são fornecidas por instituições financeiras, bandeiras de cartão de crédito, lojas que vendem no crediário e, ainda, de informações de concessionários de serviços públicos, provedores de internet, TV por assinatura, escolas e condomínios. No entanto, qualquer informação somente será repassada aos bancos de dados se houver autorização formal do cliente.

Mudança cultural

A Lei 12.414, que instituiu o Cadastro Positivo, é de 2011. O atraso de mais de dois anos para a entrada em funcionamento se deve à formatação do novo sistema, que precisou ser discutido intensamente com representantes da sociedade civil, agentes financeiros, entidades proprietárias dos bancos de dados e Governo, culminando com a edição, pela Presidência da República, em outubro de 2012, do Decreto nº 7.289, que trouxe, em detalhes, toda a regulamentação para organizar o funcionamento do Cadastro Positivo e evitar o seu uso indevido.

O Cadastro Positivo traz uma profunda mudança de cultura, uma vez que, até então, o mais utilizado pelo meio financeiro na hora de avaliar um tomador de crédito era o cadastro de inadimplentes. Agora, com a nova medida, o que vai importar mais é o comportamento positivo dos tomadores de crédito, valorizando mais os bons pagadores. No entanto, ressalta Paulo Ribeiro, como se trata de uma mudança cultural, há que se aguardar mais um tempo para que todos assimilem a nova cultura.

O programa ainda está dando os primeiros passos, apenas as instituições financeiras estão fornecendo as informações de seus clientes/associados que já fizeram as suas autorizações e duas empresas estão atuando como gestoras do banco de dados do Cadastro Positivo, a Serasa Experian e a Boa Vista.

  

Fonte: Revista Sicoob (16ª edição).

 

INSS prorroga até dezembro prazo para prova de vida dos segurados

A Previdência Social prorrogou o prazo para o recadastramento dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem seus benefícios nas cooperativas do Sicoobpara o dia 31 de dezembro de 2014. O prazo anterior era dia 28 de fevereiro.

O procedimento, denominado “Prova de Vida”, é anual e obrigatório e deve ser realizado, tanto por aposentados e pensionistas, como por quem recebe benefícios temporários. Caso contrário o acesso ao crédito é bloqueado pelo INSS.

Ao ser convocado o beneficiário deve ir até a cooperativa em que recebe o crédito, munido do cartão magnético do benefício e documento de identidade oficial com foto (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho ou Passaporte). Caso seja necessário, a cooperativa poderá solicitar também o CPF.

O objetivo do “Prova de Vida” é atualizar a base de dados dos segurados para evitar fraudes e inconsistências no pagamento de benefícios do INSS. O serviço é uma forma de saber se os segurados realmente estão vivos ou se golpistas utilizam os nomes de beneficiários para fraudar a Previdência Social.

Nos casos em que o segurado estiver com idade avança, dificuldade de locomoção ou por motivo de força maior não puder comparecer àcooperativa ele poderá nomear procurador por meio de cartório ou no próprio INSS. Nesses casos, o beneficiário ou procurador deverá comunicar o INSS, que providenciará envio eletrônico desses dados aos bancos. Em caso de dúvida, o beneficiário deve se informar pelo telefone 135 da Previdência Social.

De acordo com o INSS, dos 4,7 milhões de beneficiários (15% do total dos 31,2 milhões de benefícios ativos da Previdência Social) que ainda não realizaram a renovação de senha, 97% (4,5 milhões de benefícios) são segurados que recebem por meio de conta corrente e devem, obrigatoriamente, fazer a renovação.

Sicoob ganha mais agilidade para consignações em folha Siape

O Sicoob implantou uma nova sistemática que permite a consulta online de margem consignável, contratação, renovação encerramento e cancelamento de operações no Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Siape).

Com a novidade os associados do Sicoob servidores públicos federais ativos, aposentados e pensionistas terão mais agilidade na contratação de consignado com débito em folha de pagamento por meio do Siape.

A iniciativa visa dar mais rapidez as operações de consignação, uma vez que as cooperativas poderão realizar as transações sem a necessidade da obtenção/informação da senha pelos servidores para ter acesso ao ambiente do Siape. Esta implantação será realizada de forma gradativa, a partir da adesão de cada consignatária na modalidade online no sistema.

Sobre o Siape

O Siape é um sistema de abrangência nacional criado para integrar todas as plataformas de gestão da folha de pessoal dos servidores públicos federais. Normalmente todo servidor que utiliza o Portal do SiapeNet (www.siapenet.gov.br) para acessar o contra-cheque pode contratar o empréstimo consignado.

A solução é a base para a integração sistêmica dos órgãos pertencentes ao Sistema de Pessoal Civil da Administração Pública Federal e, responsável pelo envio das informações referentes ao pagamento de seus servidores às Unidades Pagadoras desses órgãos. Também garante a disponibilidade desses dados na página SIAPEnet, bem como o envio dos arquivos de crédito para as instituições financeiras responsáveis pelo seu pagamento.

JoomShaper