• 00_Banner_Blog_poupanca_automatica_1170x300px.jpg
  • 0_SICOOB_4milhoes_BannerTopo_Blog_1170x300px.jpg
  • 1_BannerBlog_Site_CreditoConsignado_Geral_1170x300px.jpg
  • 3_BannerBlog_facaParte_1170x300px.jpg
  • 4_BannerBlog_NovosApps_1170x300px.jpg

Presidente do Sicoob Confederação assume coordenação do Ceco/OCB

O presidente do Sicoob Confederação, José Salvino de Menezes, assumiu na quarta-feira, 10 de maio, durante reunião ordinária, a coordenação nacional do Ceco - Conselho Consultivo de Crédito da OCB. O evento reuniu integrantes do conselho, dirigentes das cooperativas centrais do Sicoob e executivos do Bancoob, representantes do Banco Central do Brasil (BC), convidados e representantes de entidades afins. Salvino, que assume a gestão 2012/2013, sucede Manfred Dasenbrock, à frente da coordenação do Conselho nos dois últimos anos.

Durante o evento, Manfred Dasenbrock apresentou um panorama atual, incluindo ações realizadas e o andamento de outras que ficarão a cargo da nova direção. Em seu discurso de posse, José Salvino destacou a importância da continuidade do plano de ações do conselho com o objetivo de incrementar o setor cooperativista de crédito no país. “Nós continuaremos este trabalho com o intuito de promover o desenvolvimento e, para isto, é necessário que o setor fale a mesma língua, como por exemplo, nas questões tributárias”. Salvino destacou ainda o crescimento do cooperativismo de crédito nos últimos anos. “O sistema cooperativista de crédito começou a crescer a partir do momento em que o Banco Central passou a conhecer melhor o setor, o que resultou na expansão das cooperativas”.

O evento teve ainda dois paineis com a participação de representantes do Banco Central, Ministério da Fazenda e Casa Civil. Além disso, foram apresentados números relativos à evolução do cooperativismo de crédito no Brasil aos presentes.

O objetivo do Conselho Consultivo de Crédito da Organização das Cooperativas Brasileiras (Ceco/OCB) é propor ações voltadas ao fortalecimento e desenvolvimento do cooperativismo de crédito brasileiro. 

Sicoob divulga relatório anual 2011

O Sicoob Confederação divulgou neste mês o Relatório Anual 2011 nas versões online e impresso, reforçando o posicionamento de uma instituição que trabalha por um sistema financeiro sustentável e inclusivo. O documento está disponível no site do Sicoob (www.sicoob.com.br).

"É com satisfação que apresentamos os grandes números do Sicoob que em conjunto com os resultados da Confederação e ações do Bancoob, contribuíram para o alcance dos objetivos estratégicos e unidade sistêmica. O esforço conjunto das Centrais, Singulares, Bancoob, Confederação e demais entidades parceiras, por meio de seus dirigentes e empregados, é a força motora, propulsora de todo o crescimento sustentável do Sicoob", analisa José Salvino de Menezes, presidente do Sicoob Confederação. 

O relatório apresenta um panorama geral do Sicoob (cooperativas centrais e singulares, Confederação, Bancoob e Fundo Garantidor do Sicoob), seus principais números, aspectos da organização e projetos sistêmicos, governança corporativa, entre outros. Além disso, o documento traz gráficos e tabelas com informações consolidadas sobre o Sistema, além da prestação de contas de demonstrações financeiras do Sicoob Confederação e do Fundo Garantidor do Sicoob (FGS).

 

Revista Sicoob chega a sua 9ª edição

A cidade maravilhosa estampa a capa da 9ª edição da Revista Sicoob com uma matéria especial sobre o cooperativismo de crédito e a criação do Sicoob Central Rio. A nova edição apresenta também uma entrevista exclusiva com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, na qual é abordada a importância do cooperativismo brasileiro e as ações do governo em prol do setor.

A publicação explora a ênfase concedida pela Organização das Nações Unidas (ONU) às cooperativas ao declarar 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas. O crescimento do cooperativismo de crédito é movido, principalmente, pela disseminação da cultura cooperativista e esse reconhecimento contribui para a credibilidade do cooperativismo no Brasil e no mundo.

O leitor poderá conferir ainda a visita de dirigentes do Banco Central à sede do Sicoob, em Brasília (DF), ocasião em que o presidente do Sicoob Confederação, José Salvino de Menezes, entregou uma carta com reivindicações do setor aos representantes da autarquia.

A nova edição traz essas e outras importante notícias, além do que aconteceu de destaque nas cooperativas Centrais e Singulares do Sistema pelo país. Fique por dentro das notícias lendo a Revista Sicoob.

Sicoob já tem mais de 21 mil acessos à conta corrente pelo Facebook

O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), maior sistema de cooperativas de crédito do país, alcançou a marca de 21 mil acessos à conta corrente pelo Facebook. A ferramenta possibilita que o cooperado faça consultas financeiras, visualização de saldos, últimos lançamentos e lançamentos futuros da conta corrente. As informações das consultas não são publicadas no mural do usuário, mantendo o sigilo e garantindo a segurança dos associados .

O aplicativo, lançado e disponibilizado desde julho de 2011, segue as tendências de inovações tecnológicas, proporcionando aos cooperados uma forma pioneira de acesso às informações bancárias com economia e praticidade, uma vez que possibilita a visualização das operações na conta corrente de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora do dia ou da noite, por meio do Facebook. O Sicoob foi a primeira instituição financeira no Brasil a disponibilizar um aplicativo que possibilita a realização de consulta financeira na rede social.

De acordo com o gerente de Canais de Atendimento do Sicoob, Luiz Cândido Severino Junior, a possibilidade de integração com informações disponibilizadas pelo Facebook é um diferencial entre as instituições financeiras do país. “A integração com as redes sociais é um dos grandes diferencias do Internet Banking do Sicoob e a perspectiva é que esse serviço ganhe novas funcionalidades em breve”, afirma o gerente.

Carteira de crédito do Sicoob cresce 25% em 2011, para R$ 16,5 bi

A carteira de crédito do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) fechou 2011 em R$ 16,5 bilhões, 25,4% superior a 2010. Os números foram divulgados nesta segunda-feira pela instituição, que detém quase 33% de participação no segmento de cooperativas.

O Siccob distribuirá, neste ano, R$ 1 bilhão de “sobras” aos associados, valor 66% superior ao lançado no ano passado. Esse valor, que equivale ao lucro dos bancos comerciais, é resultado do movimento operacional e do giro de recursos nas cooperativas de crédito do Sicoob em todo o país.

O diretor de desenvolvimento organizacional do Sicoob, Abelardo Duarte de Melo Sobrinho, disse que as “sobras” a serem distribuídas não representam reajuste de nenhum tipo de tarifa. "São apenas resultado da movimentação da carteira de crédito", disse.

Ele informou que a média de crescimento do Sicoob é de 30% ao ano, índice superior ao que tem sido registrado pelo sistema bancário no país. Segundo o diretor, a meta é ampliar de 1% para 5% a fatia do Sicoob no sistema financeiro nacional nos próximos nove anos.

Fonte: Murilo Rodrigues Alves | Valor Econômico

Bancoob participa da Conferência dos Bancos Populares na Itália

O Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), instituição integrante do Sicoob, participou da Conferência dos Bancos Populares da Itália, realizada na cidade de Bologna, nos dias 17 e 18/2. A entidade foi representada pelo seu diretor-presidente, Marco Aurélio Almada, e pelo diretor de controle, Rubens Rodrigues.

Na ocasião, foi realizada a Assembleia da Confederação Internacional dos Bancos Populares (CIBP), sendo o Bancoob a única instituição brasileira a participar oficialmente do grupo de membros efetivos da Confederação, cujo trabalho é reconhecido internacionalmente pela Organização das Nações Unidas (ONU). 

O evento, que teve como tema “Bancos Populares e competitividade local”, reuniu representantes nacionais e internacionais do sistema bancário e cooperativo, acadêmicos e especialistas do setor econômico, membros do parlamento Italiano e formadores de opinião da Europa. O Comitê Executivo da CIBP, composto por representantes do cooperativismo de 15 países, focou sobre o papel dos Bancos Cooperativos no desenvolvimento local, além do relacionamento das cooperativas de crédito com as pequenas e médias empresas.

JoomShaper