• 0_0_pmkt_janeiro_1300x495px.jpg
  • 0_1_banner_revisa_blog.jpg
  • 0_2_blog_facaparte.jpg

Conheça as vantagens do consignado Sicoob INSS

O crédito consignado INSS representa uma das melhores alternativas do mercado para os aposentados e pensionistas que precisam de crédito nos momentos de necessidade. Tudo porque esse crédito pessoal possui uma das menores taxas de juros, comparado a outras linhas de crédito, e prazos maiores, que pode chegar a 72 meses, de acordo com a idade do tomador.

No Sicoob, o aposentado e pensionista possuem vantagens exclusivas e benefícios adicionais:

• É possível contratar o Crédito Consignado INSS do Sicoob mesmo sem conta corrente em banco;

• O pagamento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é diluído nas parcelas do financiamento;

• Não há cobrança da Tarifa de Abertura de Crédito (TAC) ou seguro prestamista;

• Mesmo que haja restrições no Serasa e SPC, o empréstimo pode ser liberado;

• As taxas de juros do Sicoob estão entre as mais baixas do mercado.

É o que mostra a Tabela Comparativa do Banco Central, na qual o Bancoob aparece em 1º lugar no ranking das menores taxas do mercado.

Tabela: Taxas de juros por instituição financeira (consignado INSS).

Não perca tempo! Procure uma cooperativa Sicoob e dê um crédito para seus planos.

Tabela fonte: Banco Central do Brasil. Período: 02/01/2015 a 08/01/2015.

Acesse as informações do seu cartão na internet

Você pode consultar as informações do seu cartão Sicoobcard e da sua fatura onde estiver, inclusive fora do horário de funcionamento das agências. Isso porque, o Sicoob disponibiliza canais alternativos de atendimento na internet para facilitar o seu dia a dia. É possível consultar os limites disponíveis, o resumo das despesas para próxima fatura, entre outros. Só acessar: www.sicoob.com.br

E se você é correntista do Sicoob, faça o download do aplicativo no seu celular e tenha as informações do seu cartão na palma da mão. Disponível para: Apple, Android, BlackBerry e Windows Phone.

Valor mínimo para realizar TED será reduzido para R$ 500

A partir de 16/1/2015 o valor mínimo para realizar uma TED (Transferência Eletrônica Disponível) terá um novo limite, será reduzido de R$ 750 para R$ 500.

A principal diferença da TED para outras formas de movimentação financeira está exatamente no prazo da compensação do crédito, que entra na conta do destinatário no mesmo dia em que a transferência é solicitada. No caso do DOC (Documento de Crédito) é necessário aguardar pelo menos 24 horas para que seja concluída a transação.

O limite para TED vem caindo de ano para ano. Em 2003 estava em R$ 5 mil. Em 2010, caiu para R$ 3 mil. E, em 2012, para R$ 2 mil. Em 2013 para R$ 1 mil e em junho deste ano para R$ 750. Essa éa quinta redução do valor da TED que agora passa para R$ 500.

As tarifas cobradas para a realização de TED variam de cooperativa para cooperativa. Para saber os preços praticados, o cooperado deve consultar sua cooperativa de relacionamento.

Saiba como será o funcionamento do Sicoob neste fim de ano

Saiba como será o funcionamento do Sicoob neste fim de ano

Em função das festas de Natal e Fim de Ano as cooperativas do Sicoob terão um esquema especial de funcionamento.

No dia 24/12 (quarta-feira), o expediente para o público será da seguinte forma:

Regiões Horários de expediente
Hora local Hora de Brasília
Com horário igual ao de Brasília 9h às 11h 9h às 11h
Com diferença de 1h (uma hora) em relação a Brasília 8h às 10h
Com diferença de 2h (duas horas) em relação a Brasília 8h às 10h 10h às 12h
Com diferença de 3h (três horas) em relação a Brasília 7h às 9h

 

Nos dias 26/12/2014 (sexta-feira) e 2/1/2015 (sexta-feira) o atendimento ao público será realizado no horário normal. Não haverá expediente para o público no dia 31/12/2014 (quarta-feira).

O associado dispõe, também, de canais alternativos de atendimento para realizar operações financeiras durante os feriados, como caixas eletrônicos, celular e internet, além dos correspondentes do Sicoob (farmácias, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).

Os boletos bancários de cooperados cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do DDA (Débito Direto Autorizado). As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e os carnês que, porventura, vencerem durante os feriados de fim de ano poderão ser pagos no próximo dia útil (26/12/2014 e 2/1/2015), sem incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário nacional de feriados.

Clique aqui e conheça as operações que o associado pode realizar nos canais alternativos de atendimento Sicoob.

Aposentados e pensionistas têm até o fim deste mês para fazer "prova de vida"

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem seus benefícios nas cooperativas do Sicoob e que ainda não fizeram a comprovação de vida têm até o dia 30 de dezembro para realizar o procedimento diretamente na cooperativa em que o segurado recebe o dinheiro do benefício. Caso contrário o acesso ao crédito é bloqueado pelo INSS.

A “Prova de Vida” é um procedimento operacional de conferência e validação dos dados do aposentado/pensionista. Esse procedimento é obrigatório e deve ser feito anualmente. O objetivo do INSS é evitar as fraudes e inconsistência no pagamento de benefícios. O serviço é uma forma de saber se os segurados realmente estão vivos ou se golpistas utilizam os nomes de beneficiários para fraudar a Previdência Social.

Os beneficiários que não puderem ir até a cooperativa, por motivos de doença ou dificuldade de locomoção, podem recorrer a um procurador devidamente cadastrado no INSS. Nesses casos, o beneficiário ou procurador deverá comunicar o INSS, que providenciará envio eletrônico desses dados às instituições financeiras. Em caso de dúvida, o beneficiário deve se informar pelo telefone 135 da Previdência Social.

Quer saber mais? Veja nossas dicas:

1) O que é a comprovação de vida?

R. É um procedimento operacional para conferir e validar os dados do aposentado/pensionista.

2) Onde é feita?

R. Deve ser feita na agência bancária ou cooperativa onde o beneficiário recebe o seu pagamento. A presença física é exigida para comprovar que o beneficiário está realmente vivo. Com isso, é possível monitorar se os recursos estão sendo pagos corretamente, evitando-se possíveis fraudes.

3) Quem pode realizar esse procedimento?

R. Aposentados, pensionistas e demais segurados que recebem benefício do INSS.

4) Quais documentos são necessários?

R. Documento de identificação com foto e de fé pública (ex: carteira de identidade, carteira de trabalho, CNH, entre outros).

5) Existe um dia certo para fazer a comprovação de vida?

R. O ideal é que o aposentado ou pensionista faça no dia em que recebe o benefício. Os bancos já estão organizados para realizar esse procedimento.

6) Como fazer a comprovação de vida?

R. O aposentado ou pensionista deve ir à agência bancária ou cooperativa de crédito onde recebe o benefício, dirigindo-se diretamente ao caixa.

7) A comprovação de vida pode ser feita em qualquer banco?

R. Não. O procedimento tem de ser feito apenas na agência ou cooperativa de crédito em que o beneficiário recebe o pagamento.

8) Qual é o prazo para realizar o procedimento?

R. Até o dia 30 de dezembro deste ano. É importante ressaltar que no dia 31 de dezembro as agências e cooperativas fecham ao público.

10) O que acontece se o beneficiário do INSS não fizer a comprovação de vida?

R. O beneficiário do INSS que não tiver feito o procedimento no prazo estabelecido terá seu benefício bloqueado.

11) É possível fazer por procuração?

R. Sim, desde que o procurador tenha sido previamente cadastrado pelo INSS.

12) O que é necessário para se cadastrar como procurador no INSS?

R. Para cadastrar-se junto ao INSS, o procurador deverá comparecer a uma Agência da Previdência Social (APS) acompanhado pelo beneficiário que passará a representar. Em caso de impossibilidade de comparecimento do segurado, o procurador deverá apresentar procuração devidamente assinada, conforme modelo disponível (http://www.previdencia.gov.br/forms/formularios/form011.html) na página da Previdência Social na internet (www.previdencia.gov.br), ou registrada em cartório (se o beneficiário for não alfabetizado), atestado médico (emitido nos últimos 30 dias) que comprove a impossibilidade de locomoção do beneficiário, além dos documentos de identificação do beneficiário e do procurador.

Fonte: Com informações da Febraban.

Cooperado Sicoob poderá consultar extratos dos últimos cinco anos

A partir do próximo dia 28/11, os cooperados do Sicoob terão à disposição uma nova funcionalidade na consulta de extrato de conta no Internet Banking Sicoob. Agora, além de ter acesso aos últimos lançamentos e ao extrato mensal, será disponibilizada a consulta de meses anteriores de um período de até cinco anos.

Para ver o extrato basta acessar normalmente o Internet Banking, clicar em Conta Corrente, depois em Consultas e finalmente em Extratos de Conta Corrente.

JoomShaper