• 00Banner_Samsung_Pay_920x239px_1.jpg
  • 0_ba_0018_18_banner_web_externo_920x239px_final.jpg
  • 1_Banner_Revista_Blog_1170x300px.jpg
  • 2_Blog_1170x300px.jpg

Instituto Sicoob promove Orientação Financeira gratuita no Rio de Janeiro

pull-leftEvento fará parte da 5ª Semana Nacional de Educação Financeira do Banco Central

Em maio, o Instituto Sicoob irá realizar, em parceria com o Planejar (Associação Brasileira de Planejadores Financeiros), uma ação gratuita de orientação financeira, aberta ao público, alinhada à 5ª Semana Nacional de Educação Financeira do Banco Central (BACEN). Com o objetivo de promover o tema entre a população, o evento acontece de 14 a 18 de maio, das 9h às 16h, no Largo da Carioca, no Centro do Rio.

Serão 20 metros de tenda, uma estrutura para auditório com capacidade para 50 pessoas, além de espaço para as clínicas individualizadas. A estimativa é de 1 mil participantes nas palestras nesta edição. Durante os cinco dias de evento, os atendimentos individuais serão de 30 minutos e as palestras acontecerão sempre às 9h, às 10h30, às 12h e às 13h30. As clínicas financeiras serão comandadas por voluntários do Sicoob Central Rio e de suas cooperativas filiadas, consultores do Planejar e palestrantes do Banco Central e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). 

“Um dos nossos grandes objetivos é disseminar a educação financeira como mudança para melhorar a vida das pessoas. Todas as palestras e serviços não terão necessidade de agendamento prévio e trarão orientações para ajudar a população a organizar orçamento e a planejar gastos”, afirma Silvana Lemos, Coordenadora do Instituto Sicoob no Rio de Janeiro.

Instituto Sicoob promove atividades gratuitas de Educação Financeira em todo Brasil

As ações farão parte da 5ª Semana Nacional de Educação Financeira do Banco Central

O Instituto Sicoob, em parceria com as Cooperativas Sicoob, participa mais uma vez da Semana Nacional de Educação Financeira, promovida pelo Banco Central (BACEN), entre os dias 14 a 20 de maio. Em 2017, o Instituto fomentou o atendimento direto à mais de 1.400 pessoas entre os estados do Amapá, Pará, Paraná e Rio de Janeiro. A expectativa para essa nova edição é ampliar o alcance do publico final realizando ações educacionais como, palestras, orientações financeiras, workshops e distribuição de cartilhas em todo o Brasil.

“É chegada a hora de mostrar para a sociedade tudo aquilo que as nossas cooperativas fazem além de emprestar dinheiro, vender produtos e apresentar sombras. Nós precisamos revelar para a sociedade o que nós geramos de valor social. A Semana Nacional de Educação Financeira possibilita mostrar que o Sicoob, além de fornecer excelentes condições comerciais ao cooperado, também faz a diferença na comunidade onde está inserido”, explica o Presidente do Conselho de Administração do Instituto Sicoob Sede, Marco Aurélio Almada.

Com o objetivo de conscientizar o indivíduo da importância do planejamento financeiro para que desenvolva uma relação equilibrada com o dinheiro e decisões acertadas sobre finanças e consumo, o Instituto Sicoob tem como um de seus pilares de atuação a Educação Financeira. Por meio de programas e projetos que abordam a relação cotidiana das pessoas com os seus recursos, a instituição dissemina conhecimentos úteis e ferramentas práticas que poderão ser usados no dia a dia de todos os participantes. 

 

Sicoob firma parceria com quiosque em Copacabana, no Rio de Janeiro

Primeira grande ação de divulgação da marca Sicoob na cidade irá trazer também atrações, programações e ativações gratuitas no local, abertas ao público.

 

O Sicoob, maior instituição financeira cooperativa do Brasil, acaba de fechar um contrato de patrocínio ao Botequim Carioca, quiosque da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Com o objetivo de ampliar suas ações de marketing e divulgação da marca pela Cidade Maravilhosa, as cooperativas Sicoob no Rio de Janeiro irão utilizar o quiosque, localizado na altura do posto 5 da orla de Copacabana, como um point de encontro para toda a sua base de clientes.

 

Na segunda quinzena de janeiro, o Sicoob irá realizar um evento de inauguração oficial do espaço, já totalmente remodelado e com nova identidade visual, o que inclui exposição da marca em todo o ambiente, melhorias na infraestrutura, novos uniformes para a equipe, entre outras mudanças.

 

A instituição irá promover no quiosque ativações mensais e programação de arte e cultura na areia, gratuitas e abertas ao público, com atrações que reforcem a identidade do Rio de Janeiro e que mostrem o DNA da cidade. Além disso, o Sicoob Central Rio irá realizar no espaço algumas ações especiais para os clientes que apresentarem o cartão SicoobCard. A instituição também articulou a realização de capacitações da equipe do quiosque, aprimorando ainda mais o serviço já oferecido no local.

 

De acordo com a diretora do Sicoob Central Rio, Nábia Jorge, o objetivo principal da ação é poder se aproximar ainda mais dos associados da cidade. “Fechamos um contrato inicial de dois anos e queremos promover ali uma verdadeira agenda cultural, além de ações especiais para nossa base de clientes. Queremos trazer cada vez mais benefícios para os cooperados do Sicoob, ampliar nossa carteira e estamos apostando muito na divulgação da nossa marca na cidade”, comenta a executiva.

 

O vice-presidente da Orla Rio Concessionária, João Marcello Barreto, também ressaltou a importância da parceria e a chegada do Sicoob à orla. "Nosso objetivo é trazer benefícios e uma orla cada vez mais diversificada para os cariocas e turistas, com um misto de serviços e gastronomia. A chegada do Sicoob é mais uma etapa da modernização que estamos promovendo", avalia.

Prefeituras capixabas são as primeiras do Brasil a terem recursos captados por cooperativas financeiras

Sicoob ES vai gerir os depósitos municipais de São Gabriel da Palha e Venda Nova do Imigrante

As prefeituras de São Gabriel da Palha e de Venda Nova do Imigrante, municípios situados no estado do Espírito Santo, são as primeiras do País a terem seus recursos captados por cooperativas financeiras. A operação foi viabilizada pela lei complementar 161/2018, que entrou em vigor na última sexta-feira (5).

Ambas as prefeituras abriram suas contas no Sicoob nesta segunda-feira (8). Os encontros tiveram a presença dos prefeitos dos dois municípios (Céia Ferreira e Braz Delpupo) e do deputado federal Evair de Melo. O diretor de Operações do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), empresa do grupo Sicoob, Ênio Meinen, destaca que essa realidade fortalece a atuação do sistema cooperativista, que preza pelo desenvolvimento regional.

O presidente do Sicoob, Henrique Castilhano Vilares, afirma que o Espírito Santo é um estado muito importante para a instituição  e que essa operação permitirá que mais capixabas conheçam as vantagens do Sistema. “É uma grande conquista, pois favorece o desenvolvimento econômico desses municípios e do estado”, completa.

Crescimento regional

Bento Venturim, presidente do Sicoob ES e do Sicoob Norte, que atua em São Gabriel da Palha, destaca que o depósito na cooperativa maximiza o aproveitamento dos recursos municipais, uma vez que os custos do sistema cooperativista são inferiores ao das demais instituições financeiras.

Para Cleto Venturim, presidente do Sicoob Sul-Serrano, levar esse sistema para a gestão municipal atende à demanda da população, principal interessada nos recursos municipais, por uma gestão de confiança dos recursos vitais para o progresso da cidade. “A cooperativa tem muito a contribuir para o desenvolvimento de Venda Nova do Imigrante. A atuação do Sicoob é consolidada no município, onde as pessoas se identificam com o modelo por nós adotado”, diz.

Lei Complementar

A Lei 161, de 4 de janeiro de 2018, altera o art. 2º da Lei Complementar nº 130/2009, passando a permitir que as instituições financeiras cooperativas recebam depósitos de prefeituras municipais, de seus órgãos ou entidades e das empresas por eles controladas, desde que em localidades integrantes da área de atuação estatutária da cooperativa.

Além de permitir aos prefeitos a escolha de uma cooperativa de crédito na gestão dos recursos municipais, a lei 161/2018 deve suprir a falta de agências bancárias em muitos municípios pequenos (cerca de 600 em todo o Brasil), o que tem provocado dificuldades de administração dos recursos municipais com deslocamentos para cidades vizinhas.

A mesma Lei também autoriza as cooperativas e seus bancos cooperativos autorizados a gerirem as disponibilidades financeiras do Sescoop – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, cujos recursos são advindos do recolhimento de 2,5% sobre a folha de salários das cooperativas dos diferentes ramos. Anteriormente, esse procedimento só poderia ser realizado pelos bancos federais.

A Lei Complementar estabelece, ainda, que se o recebimento de depósitos for acima do limite assegurado pelo Fundo Garantidor do Cooperativismo – FGCoop, atualmente de R$ 250 mil, dependerá de futura regulamentação pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que, por proposição do Banco Central do Brasil, irá fixar requisitos prudenciais para tanto.

Faça parte do Sicoob

Você já conhece as vantagens de fazer parte do Sicoob? Além de ter acesso a todos os serviços bancários, como cartões de crédito e débito, conta-poupança e empréstimo pessoal, muitas das tarifas são mais baixas. Sem falar no papel social das cooperativas que compartilham os resultados financeiros entre os cooperados no fim do ano e constantemente reinvestem recursos em suas comunidades.Para que você possa aproveitar essas vantagens, foi desenvolvido o app Sicoob Faça Parte, no qual, de maneira rápida e segura, é possível abrir uma conta no Sicoob. É muito fácil, é preciso apenas separar alguns minutinhos, baixar o aplicativo e ter em mãos alguns documentos: comprovante de residência emitido há menos de 90 dias, RG ou CNH recente e comprovante de renda atual.

 

Cadastro

Primeiro, você vai preencher um cadastro com suas informações pessoais, como CPF, data de nascimento, e-mail e endereço. Em seguida, serão solicitados os documentos, que podem ser fotografados com a câmera do celular mesmo.

 

Como escolher uma cooperativa

O segundo passo para fazer parte do Sicoob, é se associar a uma cooperativa. Para ajudar, o app localiza as cooperativas mais próximas. Aqui, é necessário que você faça uma avaliação do seu perfil: você pode se associar a uma cooperativa específica para o seu segmento profissional, como de médicos ou policiais militares, ou se vai preferir, escolha uma de livre admissão, ou seja, que aceita qualquer pessoa como cooperada.

 

Além disso, o aplicativo reúne informações relevantes para a sua tomada de decisão:

- Patrimônio: descubra qual é a riqueza da cooperativa, isto é, quanto dinheiro ela tem.

- Resultado: veja quais foram as sobras da cooperativa no ano anterior. Isto é muito importante, pois este valor está diretamente relacionado ao quanto o cooperado recebe de volta no fim do ano.

- Valor de integralização de ingresso: saiba quanto custa uma cota da cooperativa. A cota é como uma ação, e é com a aquisição dela que você se torna “dono”.

- Juros ao capital pago: é a quantidade de dinheiro paga aos cooperados, proveniente do rendimento anual sobre todas as cotas da cooperativa. 

- Pacote de serviços: entenda quais são as tarifas e os valores cobrados pelos serviços oferecidos pela cooperativa financeira.

 

E pronto! Seu cadastro vai para análise e em até dez dias úteis você receberá um retorno.

É muito fácil fazer parte do Sicoob, não é? Faça parte você também. Baixe o aplicativo e encontre o Sicoob mais próximo de você.

 

JoomShaper