• 0_0_pmkt_janeiro_1300x495px.jpg
  • 0_1_banner_revisa_blog.jpg
  • 0_2_blog_facaparte.jpg

Eleitos novos membros dos conselhos do Sicoob Confederação

Os membros do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal do Sicoob Confederação foram eleitos no último dia 12/03 durante Assembleia Geral Ordinária, composta pelos representantes das 15 Centrais integrantes do Sicoob.

Conheça a composição dos novos Conselhos:

Conselho de Administração – mandato de 2014 a 2017

 - Henrique Castilhano Vilares (Presidente – Sicoob SP) 

 - Francisco Greselle (conselheiro vogal – Sicoob Central SC) 

 - Jadir Giroto (conselheiro vogal – Sicoob Central MT/MS)

 - José Alves de Sena (conselheiro vogal – Sicoob Planalto Central) 

 - Manoel Messias da Silva (conselheiro vogal – Sicoob Central Cecresp)

 Conselho Fiscal – mandato de 2014 a 2015

 - José Evaldo Campos (Sicoob Central Nordeste)

 - Carlos Edilson Santana dos Santos (Sicoob Central Amazônia)

 - Marino Delgado (Sicoob Central Paraná)

 Os Conselhos tomarão posse no dia 31/3, quando se encerrará a gestão dos conselheiros de administração José Salvino de Menezes (presidente), Alberto Ferreira (Sicoob Central Crediminas) e Ivo de Azevedo Brito (Sicoob Central BA); e dos conselheiros fiscais César Mattos (Sicoob Central Cecremge), Rogério Caroca (Sicoob Central DF) e Josemir Pereira Soares (Sicoob Central Bahia).

O evento será realizado no Centro Corporativo Sicoob, em Brasília.

Cooperativismo de crédito é destaque em programa de TV

As instituições financeiras cooperativas serão tema do programa Jogo do Poder da Rede CNT na próxima quinta-feira (13/03). O programa, apresentado pelo jornalista José Marcelo Santos, recebe o diretor de Apoio a Negócios do Sicoob Confederação, Abelardo Duarte de Melo Sobrinho, para falar sobre as vantagens das cooperativas de crédito, o peso do cooperativismo na economia brasileira e o futuro do setor em um momento de expansão da economia.

O Jogo do Poder vai ao ar para todo o Brasil às 23h10, pela Rede CNT nos canais: 176 (SKY), 126 (ClaroTV), 236 (VivoTV), 26 (OiTV), 245 (GVT), 708 (CTBC), 30 (SUPERITV), 186 (NET), 708 (CTBC) e canal 30 (Super Tv). Em Brasília a CNT pode ser sintonizada no canal 19. O programa também pode ser visto ao vivo pela internet no site: www.cnt.com.br .

Sicoob é destaque no jornal Folha de S . Paulo

As instituições financeiras cooperativas são destaque nas edições online e impressa de hoje (10/03) do jornal Folha de S. Paulo. No texto é evidenciado o crescimento do setor nos últimos anos, as vantagens oferecidas, a dinâmica de funcionamento das cooperativas e as garantias oferecidas aos associados.

Sobre o avanço,  a matéria destaca que o valor dos depositos mais que dobrou em cinco anos e  já alcança R$ 11,5 bilhões, ou seja, 5% do total do  Sistema  Financeiro  Nacional. Entre as vantagens, a matéria citou a possibilidade de encontrar juros de crédito menores que os de bancos e remuneração maior oferecida por títulos emitidos pela instituição como os RDC (Recibos de Depósitos Cooperativos), equivalentes aos CDB (Certificados de Depósitos Bancários) dos bancos.

A  reportágem traz ainda um infográfico que explica o funcionamento das cooperativas e os direitos e deveres dos cooperados. Cita também o lançamento do FGCoop e enfatiza a segurança oferecida aos cooperados.    

Veja a matéria na íntegra nos links abaixo:

Sicoob passa a integrar conselho de líderes da IBM

Notoriedade de tecnologia aplicada ao Sistema é reconhecida por líder mundial em TI.
A partir de agora a instituição influencia nos lançamentos de novos produtos

 

O investimento em tecnologia no Sicoob nos últimos anos trouxe mais comodidade, praticidade e segurança para cooperados que utilizam os produtos e serviços financeiros oferecidos pelas cooperativas do Sistema. O bom desempenho nessa área tem proporcionado visibilidade mundial ao Sicoob. A partir de agora, a entidade passa a integrar um importante grupo da IBM, o zBLC - System z e-Business Leaders Council, composto por grandes corporações do mundo todo que têm a prerrogativa de avaliar, testar, opinar e validar novas soluções tecnológicas da empresa.

“Agora temos o compromisso de participar de 2 reuniões presenciais por ano nos laboratórios da IBM na Europa e nos Estados Unidos e 8 horas por mês de videoconferências. Além disso, teremos de investir em horas dos nossos profissionais para planejamento, definição de requisitos e testes com o objetivo de homologar novos produtos bem como apresentar propostas de melhoria ou participar de projetos que possam ser estratégicos para o Sicoob”, explica Dênio Álbaro de Lima Rodrigues, superintendente de Tecnologia da Informação do Sicoob Confederação.

O Sicoob é a primeira instituição financeira cooperativa do mundo a integrar o grupo. O sistema já fazia parte de outro conselho da IBM, o zNCC – z New Costumer Council - Conselho Mundial de Novos Clientes da IBM – Seção Países Emergentes, desde 2008, com a função de conhecer novidades e funcionalidades dos novos produtos da maior empresa de TI do mundo. O objetivo do conselho que o Sicoob participa a partir de agora é garantir o sucesso estratégico da Plataforma System z (Mainframes), apoiar, dar suporte e ampliar o seu papel e proposição de valor como uma infraestrutura de TI eficiente.

Para Antônio Cândido Vilaça Junior, superintendente de Sistemas de Informação do Sicoob Confederação, a principal vantagem da participação no conselho é a possibilidade de conhecer, em primeira mão, os produtos que serão lançados. “Testar antecipadamente os produtos traz mais qualidade e assertividade em termos de aquisições para o Sistema. Além disso, estaremos à frente de várias empresas do mundo todo, conhecendo novidades antes do mercado em geral”, explica.

O conselho tem a função, ainda, de compartilhar experiências entre participantes, influenciar nas futuras implementações dos produtos IBM e validar previamente os lançamentos. Participam do grupo outros 52 clientes da plataforma, indústrias da área de cartões, seguradoras, varejistas e financeiras do mundo todo. No Brasil, além do Sicoob, participam do conselho outras 3 instituições financeiras (veja quadro abaixo).

Integrantes do zBLC (instituições financeiras brasileiras)

 

De acordo com Ricardo Antonio Batista, diretor de Tecnologia da Informação do Sicoob Confederação, o relacionamento com outras empresas do grupo contribuirá para o enriquecimento do debate. “O grande benefício da interatividade entre os membros do grupo é a troca de ideias sobre inovações tecnológicas, produtos e serviços, entre outros”, assinala. Ele completa que, além disso, será uma ótima oportunidade para divulgar o nome do Sicoob mundialmente, uma vez que os pareceres emitidos e assinados pelo conselho serão propagados para os demais clientes da IBM.

No Sicoob, a plataforma tecnológica é baseada em system Z, ou seja, servidores para processamento de grandes volumes de dados, que funcionam com os mais elevados níveis de disponibilidade, desempenho e segurança do mercado. São utilizados por todos os maiores bancos e outras grandes corporações do planeta. Os sistemas operacionais utilizados são z/Linux (em virtualizador z/VM) e z/OS, além do armazenamento de informações em discos (storages) de primeira linha. Esses componentes possibilitam o processamento e armazenamento de dados em grande escala.

O Sicoob utiliza a plataforma System Z desde 2007 (veja histórico no quadro abaixo), o que garante mais disponibilidade e desempenho das transações de negócio dos associados em todos os canais: internet, mobile banking, caixas eletrônicos e nos mais de 2 mil pontos de presença física da rede Sicoob no país. A adoção do sistema operacional z/OS em 2013 também agrega confiança ao Sicoob no mercado financeiro nacional, uma vez que as maiores instituições do Brasil utilizam esta tecnologia. Além do ambiente transacional do Sisbr (Sistema de tecnologia do Sicoob), o ambiente analítico para tomada de decisões também utiliza tecnologia baseada em system Z.

Para o presidente do Sicoob Confederação, José Salvino de Menezes, a entrada do Sicoob no conselho é reflexo do planejamento, direcionamento, plano de investimentos e do esforço qualificado e contínuo de toda equipe de TI. “Os resultados do trabalho se refletem no lançamento de produtos inovadores e premiados, colocando o Sicoob sempre numa posição de vanguarda tecnológica no mercado financeiro. E agora, com a participação nesse novo grupo, a instituição sempre será lembrada quando citarem grandes empresas do mundo”, assinala.

Linha do tempo – Utilização Mainframe (System Z) 

ANO EVENTO
2007 Área de TI inicia renovação da plataforma tecnológica utilizando Mainframes, nomeados pela fabricante IBM como linha de produtos Z (System Z).
2008 IBM convida o Sicoob a participar do zNCC – z New Costumer Council - Conselho Mundial de Novos Clientes da IBM – Seção Países Emergentes.
2012 IBM avalia mas não aprova mudança do Sicoob para o zBLC – z e-Business Leaders Council. Até então, somente um banco brasileiro participava desse conselho como representante brasileiro.
2013 Outros dois grandes bancos brasileiros são convidados a participar do zBLC.
2014 IBM convida o Sicoob a participar do zBLC, totalizando quatro representantes brasileiros. Além do Sicoob, em 2014, foram convidados no mundo a General Motors, Banco de Tókio e Rabobank (holandês).

 

Destaque mundial

Em 2013, a IBM divulgou em seus canais oficiais de comunicação o vídeo sobre o case de tecnologia de virtualização do parque tecnológico do Sicoob com a plataforma System Z. Assista ao vídeo ao lado.

Tecnologia sustentável

Nos últimos três anos, foram investidos R$ 30 milhões em tecnologia verde no Sicoob. Os recursos foram utilizados em ações que envolvem a utilização consciente das soluções computacionais por meio da consolidação e virtualização de servidores, ao modernizar equipamentos de processamento de informações.

O processo de implantação de iniciativas sustentáveis tem contribuído para a redução de consumo elétrico, de dissipação térmica e de recursos de processamento. Com a substituição dos equipamentos, o Sicoob deixa de consumir 6 milhões de Kw/ano de energia e deixa de emitir 270 toneladas de CO²/ano. Essa emissão equivale, por ano, ao consumo elétrico de 274 casas, à necessidade de plantar 1.875 árvores e a 80 carros emitindo gás carbônico na atmosfera.

Reconhecimento

O Sicoob recebeu importantes premiações com cases de tecnologia nos últimos dois anos. O prêmio efinance é um bom exemplo. Na edição de 2012, o Sicoob venceu com o case “Compensação por Imagem”. Já em 2013, a vitória veio com os cases nas categorias: Infra de TI para cooperativas de crédito, com o case iniciativas sustentáveis de TI; Core System-Crédito Corporativo, com o case Otimizar Negócios; e Mobile Banking, com o case Mobile Banking do Sicoob.

Outra premiação de destaque para o sistema foi o Prêmio Relatório Bancário 2013, que reconheceu o Sicoob como melhor instituição financeira do país em Atendimento em Agências – Plataforma de Caixas.

Sobre a IBM

A IBM é a maior empresa da área de TI no mundo. Detém mais patentes do que qualquer outra empresa americana baseada em tecnologia e tem 15 laboratórios de pesquisa no mundo inteiro. A empresa possui cientistas, engenheiros, consultores e profissionais de vendas em mais de 150 países. A empresa fabrica e vende Hardware e Software, oferece serviços de infra-estrutura, serviços de hospedagem e serviços de consultoria nas áreas que vão desde computadores de grande porte até a nanotecnologia.

Sobre o Sicoob

O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) possui mais de 2,6 milhões de associados em todo o país e está presente em 23 estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por mais de 500 cooperativas singulares, 15 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação) que tem a finalidade de defender os interesses das cooperativas representadas, ofertar serviços, promover a padronização, supervisão e integração operacional, financeira, normativa e tecnológica. Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil S.A. (Bancoob) especializado no atendimento às cooperativas de crédito e cujo controle acionário pertence às cooperativas do Sicoob; a Bancoob DTVM, distribuidora de títulos e valores; o Sicoob Previ, fundação que oferece plano de previdência complementar; a Cabal Brasil, bandeira e processadora de cartões e a Ponta Administradora de Consórcios. Conta ainda com o Fundo Garantidor do Sicoob (FGS), que confere credibilidade ao Sistema e garante a proteção dos recursos dos seus associados. A rede Sicoob é a sexta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 2 mil pontos de atendimento. As cooperativas inseridas no Sistema oferecem um amplo portfólio de produtos e serviços para seus associados e possibilitam acesso a recursos para empréstimos em geral e investimentos, tanto para pessoas físicas como jurídicas, com juros mais acessíveis.

Sicoob registra crescimento de 595% em transações mobile banking

Em 2013, foram mais de 25 milhões de transações. Neste ano, já foram quatro milhões

O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) encerrou 2013 com mais de 25 milhões de transações realizadas por meio do mobile banking, um crescimento de 595,57% comparado ao ano anterior. A tendência de alta continua. Só em janeiro deste ano, foram realizadas quatro milhões de transações neste canal, um salto de 254% comparado ao mesmo mês do ano passado.

A Plataforma Móvel do Sicoob pode ser utilizada tanto em celulares quanto em tablets. Atualmente os associados, pessoas físicas e jurídicas, acessam o aplicativo “Sicoob” nos dispositivos dos cinco principais fabricantes mundiais: Apple (iOS), Google (Android), RIM (Blackberry), Microsoft (Windows Phone) e Firefox OS (Mozilla). Até dezembro, os associados já tinham realizado mais de 135 mil downloads do aplicativo, nas lojas virtuais dos fabricantes de dispositivos móveis.

Com estes dispositivos, e acesso à internet, o associado realiza, entre outros, pagamentos, transferências, TEDs, DOCs, aplicações financeiras, consultas de saldos e extratos. Também podem verificar informações dos cartões, checar a previdência, realizar a cópia de imagem dos cheques e até mesmo simular ou contratar empréstimos.

 

De acordo com o diretor de Tecnologia da Informação do Sicoob Confederação, Ricardo Antônio Batista, o canal mobile deve se transformar, nos próximos anos, em um dos principais meios de relacionamento do associado com as cooperativas de crédito no Sicoob. “A grande comodidade e praticidade oferecida pela ferramenta mobile possibilita economia de tempo, já que a realização de transações podem ser feitas aonde o associado esteja, em qualquer hora do dia”.

JoomShaper