• 0_0_pmkt_janeiro_1300x495px.jpg
  • 0_1_banner_revisa_blog.jpg
  • 0_2_blog_facaparte.jpg

Sicoob é vencedor do IX Prêmio Relatório Bancário 2013

Na noite de ontem (25/11), o Sicoob recebeu o IX Prêmio Relatório Bancário 2013 como melhor instituição financeira do país em Atendimento em Agências – Plataforma de Caixas. A premiação reconhece as principais contribuições e práticas realizadas pelo setor financeiro e seus fornecedores para o aprimoramento do sistema financeiro nacional.

A Plataforma de Caixa é um aplicativo utilizado por todos os empregados envolvidos diretamente no atendimento ao público, de gerentes aos caixas. Desenvolvido pela área de tecnologia do Sicoob Confederação, o aplicativo tem a finalidade de agilizar o serviço prestado pelas cooperativas, nas baterias de caixa, com mais flexibilidade e menor custo.

Entre o portfólio de serviços que compõe a plataforma estão: Digitalização de cheques; Configuração dos periféricos (impressoras, leitoras de cartão, digitalizadoras); Disponibilização de transações financeiras, como por exemplo, saques, depósitos, transferências, pagamentos, extratos, cadastros e trocas de senha de cartões com chip; Monitoração do volume financeiro da bateria de caixa; e Autorização remota dos estornos.

Entre os principais benefícios oferecidos pela plataforma às cooperativas estão a redução de custos para as Singulares em relação à aquisição de licenças para sistemas operacionais, processo de atualização automático do aplicativo permitindo ao operador de caixa melhor atendimento ao associado, e redução do risco de assaltos às cooperativas por meio da integração da plataforma com cofres eletrônicos conhecidos como tesoureiros eletrônicos.

O Prêmio Relatório Bancário é considerado o mais tradicional evento do setor financeiro e bancário. No ano passado recebeu a inscrição de 198 cases e a edição deste ano contou com a inscrição de 205 cases, que foram analisados por um grupo de jurados formado por especialistas do setor, que analisou itens como sustentabilidade, inovação e resultados alcançados após a implantação do projeto. Além do Sicoob, concorreram também, em diversas categorias, entidades como Banco do Brasil, Caixa Econômica, Santander, Itaú, Bradesco, Sicredi e Boa Vista Serviços.

Em 2011, em parceria com a e Stefanini, o Sicoob já havia sido premiado na categoria "Destaque" melhor em digitalização de documentos: Solução para verificação automática da qualidade da imagem de cheques.

Na foto, da esquerda para direita: Dênio Rodrigues, superintendente de Tecnologia da Informação; Ricardo Antonio S. Batista, diretor de Tecnologia da Informação; Antônio Cândido Vilaça Júnior, superintendente de Sistemas de Informação; e Luiz Cândido Severino Júnior, gerente de Soluções de Canais de Atendimento. Todos do Sicoob Confederação.

Sicoob participa do 9º Prêmio Relatório Bancário

Nesta segunda-feira (25/11), executivos de Tecnologia da Informação do Sicoob estarão representando a entidade na 9ª edição do Prêmio Relatório Bancário, que acontecerá no Museu do Futebol, em São Paulo (SP). A premiação reconhece as principais contribuições e práticas realizadas pelo setor financeiro e seus fornecedores para o aprimoramento do sistema financeiro nacional.

Durante o evento serão premiados cases de instituições financeiras de todo país, inscritos até o mês de outubro no portal da empresa organizadora do projeto, a Cantarino Brasileiro. O grupo de jurados é formado por especialistas do setor, e analisou itens como sustentabilidade, inovação e resultados alcançados após a implantação do projeto. Além do Sicoob, estarão participando também entidades como Banco do Brasil, Caixa Econômica, Santander, Itaú, Bradesco, Sicredi e Boa Vista Serviços.

Em 2011 o Sicoob, em parceria com a e Stefanini, foi premiado na categoria "Destaque" melhor em digitalização de documentos: Solução para verificação automática da qualidade da imagem de cheques.

Considerado o mais tradicional evento do setor financeiro e bancário, o Prêmio Relatório Bancário, no ano passado, recebeu a inscrição de 198 cases. A edição deste ano contou com a inscrição de 205 cases, que após serem devidamente analisados serão anunciados como os grandes vencedores das categorias - Banco do Ano, Prêmio Destaque, Prêmio Excelência e Personalidades Financeiras, totalizando 30 premiações.

Coral Sicoob participa de Festival em Criciúma

O Coral Sicoob participou na semana passada do XX Festival Internacional de Corais de Criciúma (SC), que será realizado entre os dias 20 e 24 de novembro. O evento, organizado pela Fundação Cultural de Criciúma (FCC), reuniu grupos de Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Distrito Federal. O Festival ainda levou a Criciúma quatro coros internacionais do Paraguai e Uruguai, além da presença do grupo de coral de crianças.

O Festival de Criciúma faz parte da Temporada de Canto Coral, que inclui diversas atividades, além dos concertos. Na edição deste ano, foram selecionados 20 grupos que dividiram o palco do Teatro Municipal Elias Angeloni. Além disso, as apresentações não se limitaram ao palco do teatro e foram realizadas também nas cidades vizinhas, nas praças, escolas e em diversos outros locais da cidade.

As apresentações do Coral Sicoob em Criciúma aconteceram no Teatro Elias Angeloni, na Escola Municipal Linus João Rech, no hall da prefeitura e na escadaria da catedral. As apresentações também ocorreram no Auditório da Tractebel Energia, em Capivari de Baixo, e no Teatro Municipal do município de Nova Veneza. 

Sobre o Coral Sicoob

O Coral Sicoob tem dois anos de existência e é composto por empregados e terceirizados da Confederação, Bancoob e Sicoob Planalto Central. o grupo tem como preparador vocal e regente o maestro Paulo Santos e o co-repetidor  Marcelo Martins Fontela Correa. Os ensaios, com duas horas de duração, ocorrem duas vezes por semana, às segundas e quartas-feiras.

A iniciativa visa o fortalecimento da marca e imagem do Sicoob, bem como a integração dos empregados e prestadores de serviços que trabalham no Centro Corporativo Sicoob (CCS), em Brasília (DF).

O Coral se apresenta em eventos internos do CCS e em eventos externos como o Encontro de Coros de Brasília e o 1º Congresso Distrital de Cooperativismo. O repertório inclui músicas de variados gêneros e estilos que vão do clássico ao popular, nacionais e internacionais. As apresentações são acompanhadas de performances que completam a ideia das músicas.

Sicoob não abre em algumas cidades no Dia da Consciência Negra

Atenção associado Sicoob, a adesão ao feriado do Dia da Consciência Negra, comemorado em 20/11, data da morte de Zumbi dos Palmares, é legal de cada estado ou município. Por esse motivo, em algumas regiões do país, as cooperativas e Postos de Atendimento do Sicoob não irão abrir.

Comemorado há mais de 30 anos por ativistas do movimento negro, a data foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional. Contudo, somente a Lei 12.519 de 2011 instituiu oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.

A data é feriado em mais de mil cidades brasileiras. Nos estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, o feriado foi instituído por uma lei estadual.

Lembramos que os associados dessas regiões podem utilizar os canais alternativos de atendimento para realizar operações financeiras, como caixas eletrônicos, celular e internet, além dos correspondentes do Sicoob (farmácias, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados)

Confira abaixo a lista das cidades que tem e não tem feriado (por ordem alfabética de Estados)

Acre: no estado do Acre, o 20 de novembro não é feriado em nenhum município.

Alagoas: de acordo com a Lei Estadual Nº 5.724 de 01.08.1995, todos os municípios do estado de Alagoas vão ter feriado no Dia da Consciência Negra.

Amazonas: após a promulgação da lei nº 84/2010 de 08/07/2010, o dia 20 de novembro passou a ser considerado feriado em todos os municípios do Amazonas.

Amapá: a Lei Estadual Nº 1169 de 27.12.2007 garantiu que todas as cidades do estado do Amapá aderissem ao feriado do Dia da Consciência Negra.

Bahia: somente as cidades baianas de Alagoinhas, Camaçari e Serrinha tem feriado no dia 20 de novembro. Em Camaçari, uma lei de 1993 oficializou a data no município.

Ceará: no estado do Ceará, o Dia da Consciência Negra não é feriado em nenhum município.

Distrito Federal: Distrito Federal não terá feriado no Dia da Consciência Negra em 2013.

Espírito Santo: as cidades de Cariacica e Guarapari terão feriado no dia 20 de novembro. Leis Municipais determinaram a folga no Dia da Consciência Negra nessas duas cidades.

Goiás: quatro cidades goianas terão feriado no dia 20. Além da capital Goiânia, Aparecida de Goiânia, Flores de Goiás e Santa Rita do Araguaia param no Dia da Consciência Negra.

Maranhão: apenas o município de Pedreiras terá feriado no dia 20 de novembro.

Minas Gerais: 11 cidades mineiras vão ter feriado no dia 20: Além Paraíba, Betim, Coqueiral, Guarani, Ibiá, Jacutinga, Juiz de Fora, Montes Claros, Santos Dumont, Sapucaí-Mirim e Uberaba.

Mato Grosso do Sul: Em MS, será feriado apenas na cidade de Corumbá.

Mato Grosso: o estado é um dos seis que adotaram o feriado do Dia da Consciência Negra no calendário oficial graças à Lei Estadual Nº 7879 de 27.12.2002. Com isso, todas as cidades mato-grossenses vão ter feriado no dia 20 de novembro.

Pará: nenhuma cidade paraense terá feriado no dia 20 de novembro.

Paraíba: somente a capital João Pessoa terá feriado no dia 20.

Paraná: três cidades têm lei municipal que institui feriado. Guarapuava e Londrina, também têm feriado. Na capital Curitiba, a Lei nº 14.224, publicada em janeiro deste ano, institui o dia 20 de novembro como feriado municipal em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, mas o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) acatou o pedido da Associação Comercial estadual e do Sindicato da Construção Civil do Paraná (Sinduscon-PR) e suspendeu o feriado na capital paranaense. (Informação atualizada no dia 6 de novembro de 2013, às 14:30)

Pernambuco: o estado de Pernambuco não aderiu ao feriado.

Piauí: assim como Pernambuco, o Piauí não terá feriado no Dia da Consciência Negra.

Rio de Janeiro: de acordo com a Lei Estadual Nº 4007 de 11.11.2002, todos os municípiosfluminenses terão feriado no dia 20 de novembro.

Rio Grande do Norte: não haverá feriado nas cidades potiguares no dia 20 de Novembro.

Rio Grande do Sul: a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) afirma que o feriado no Rio Grande do Sul é facultativo às cidades, apesar de ser prevista à Lei Estadual nº 8.352.

Rondônia: nenhuma cidade rondoniense terá feriado no dia 20 de novembro.

Roraima: o estado também não aderiu ao feriado do Dia da Consciência Negra.

Santa Catarina: Apesar do Dia da Consicência Negra ser lei na capital Florianópolis e na cidade de Joinville, comerciantes locais entraram na justiça e consesiguram suspender o feriados nas duas cidades.

Sergipe: o estado não terá feriado no dia 20 de novembro.

São Paulo: não existe uma lei estadual que determine o feriado para o Dia da Consciência Negra em São Paulo. Porém a capital São Paulo e outros 101 municípios têm leis que determinam a folga no dia 20 de novembro. Confira quais são aqui. (Informação atualizada no dia 30 de outubro, às 16:24)

Tocantins: no estado, apenas a cidade de Porto Nacional tem, oficialmente, feriado no Dia da Consciência Negra.


*Com informações da Seppir, da Fundação Palmares, Prefeitura de Curitiba (PR) e Coordenadoria da Igualdade Racial de Fortaleza (CE) e Portal EBC.Empresa Brasil de Comunicação.

Sicoob reúne jornalistas em Workshop sobre cooperativismo de crédito

Na terça-feira (12), o Sicoob realizaou no Centro Corporativo Sicoob, em Brasília (DF), o 2º Workshop de Imprensa sobre Cooperativismo de Crédito. O objetivo do workshop foi proporcionar acesso às informações de interesse dos jornalistas de economia, finanças e veículos especializados em cooperativismo.

O evento recebeu jornalistas de diversos veículos do país, entre eles repórteres do jornal Estado de Minas, Correio do Estado, Correio Braziliense, Rede CNT, Revistas Mundo e Gestão Cooperativa, portal Globo Rural e Último Instante. Assessores de imprensa das Centrais, estudantes, professores, representantes de entidades ligadas ao setor e dirigentes do Sicoob também prestigiaram o evento que teve como atração principal a palestra “O cooperativismo de crédito na economia do Brasil: a alternativa aos bancos comerciais” do economista Ricardo Amorim, que apresentou o atual cenário econômico e a influência das instituições financeiras cooperativas no desenvolvimento do país.

O encontro contou ainda com apresentações da superintendente de Apoio a Negócios, Daniela Cancian, que apresentou a estrutura organizacional do Sicoob, do diretor de Apoio a Negócios, Abelardo Duarte de Melo Sobrinho, que falou sobre o panorama do cooperativismo de crédito brasileiro e o crescimento do Sicoob e do setor nos últimos anos, ambos do Sicoob Confederação. O diretor de Operações do Bancoob, Ênio Meinen, tratou sobre as conquistas e desafios do marco regulatório essencial do sistema financeiro cooperativo e seus aspectos legais.

Legenda da foto da esquerda para a direita: Abelardo Duarte, Ricardo Amorim e Ênio Meinen.

JoomShaper